Poesia & poemas

27 gennaio 2013

Olhar de amor

Filed under: Cibercultura — patriziaercole @ 1:22 pm

image017

Olhe no seu jardim as rosas entreabertas e,
em seu caminho, a distância vencida e nunca o que falta ainda…
Guarde do seu olhar os brilhos de alegria e nunca as névoas de tristezas
Retenha da sua voz risadas e canções e nunca os gemidos
Conserve em seus ouvidos as palavras de amor e nunca as de ódio
Conserve no seu rosto as linhas do sorriso e nunca os sulcos do seu pranto
Guarde da sua face apenas as carícias, esqueça as bofetadas
Guarde de suas mãos as flores que ofertaram, esquece os espinhos que ficaram
Relembre com prazer as tuas escaladas, esquece o prazer fútil das descidas
Relembra os dias em que foste água limpa,
esqueça as horas em que foste brejo
Conta as medalhas das tuas vitórias, esquece as cicatrizes das derrotas
Olha de frente o sol que existe em tua vida, esquece a sombra que fica atrás.
A flor que desabrocha é bem mais importante do que mil pétalas caídas
E só um olhar de amor pode levar consigo calor para aquecer muitos invernos.
Seja otimista e não se esqueça de que…
É no fundo da noite sem luar que brilham muito mais as estrelas!

Desconheço o Autor

Lascia un commento »

Non c'è ancora nessun commento.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Lascia un commento

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...

Blog su WordPress.com.

%d blogger cliccano Mi Piace per questo: